MURIEL OU LE TEMPS D'UN RETOUR

Diretor Alain Resnais

Interpretes Delphine Seyrig, Jean-Pierre Kerien, Nita Kein

1963 | 117' | França, Itália | Legendado em português.


Alain Resnais entregou o papel da jovem viúva Hélène Aughain de MURIEL OU LE TEMPS D’UN RETOUR a Delphine Seyrig (prémio de interpretação no festival de Veneza 1963), com quem já filmara em L’ANNÉE DERNIÈRE À MARIENBAD (1961, a primeira, notável, longa-metragem da atriz) depois de tê-la visto num palco nova-iorquino a representar Ibsen. Seguindo a história da protagonista de 40 anos (bastante mais velha que a à época jovem atriz), num momento de reencontro com o homem que amara na adolescência, e uma segunda linha narrativa centrada no jovem enteado de Hélène, atormentado por lembranças da Guerra da Argélia, Resnais assina um filme de planificação e montagem extremamente elaboradas. Refletindo as feridas do tempo e a obsessão da memória, ou como exprimiu o realizador “a malaise de uma sociedade supostamente feliz”, MURIEL é uma obra avassaladora.


Terça-feira [13-10] 15:30 | Sala M. Félix Ribeiro, Cinemateca Portuguesa

Quarta-feira [21-10] 21:30 | Sala M. Félix Ribeiro, Cinemateca Portuguesa

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

e saiba tudo sobre a 21ª Festa do Cinema Francês

A 21ª FESTA DO CINEMA FRANCÊS É REALIZADA POR

© 2020 Festa do Cinema Francês e Jangada